Home

Qual a critica que se pode fazer hoje ao experimento de Miller?

alguem pode me ajudar?

3 respostas

  • Publicada em 2008-07-14 por Anónimo

    Os gregos usavam descrever histórias por meio de mitos a término de explicar todos os aspectos humanos. Em uma destas histórias, é dito q. a verdade estava encerrada em um espelho. Uma vez quebrado, cada ser humano recebeu um pequeno pedaço dele e desde portanto todo mundo é capaz de expressá-lo seguindo a sua propria comprensão do quê a verdade deveria ser. Logo…

  • Publicada em 2008-07-14 por Anónimo

    Bom andei pesquisando e lendo alias estou nesta pergunta desde cedo, mas uma leitura leva a outra e fiquei pensando em que poderia ser uma critica
    Bom acho que a unica critica que eu poderia fazer seria que na verdade Miller fez seus experimentos baseados em calculos e possibilidades.  Li um cláusula de indumento em espanhol onde na verdade ele nao poderia (ja que morreu) provar fisicamente, ms somente teoricamente as condicoes climaticas da terreno naquela data, o que ja foi refutado por outros cientistas.

    http://www.scribd.com/doc/2085378/El-experimento-Miller

    este site que coloquei supra, é fantastico pois tem trabalhos em ingles, espanhol , portugues, etc. se voce conseguir ler um pouco de espanhol vai entender o que eu quiz expressar com as condicoes climaticas da terreno no inicio da vida.  leia o cláusula. e ventura.

  • Publicada em 2008-07-14 por Anónimo

    Segundo wikipédia:
    "A experiência de Miller consistiu basicamente em simular as condições da terreno primitiva. Para isto criou um sistema fechado, onde inseriu os principais gases atmosféricos, tais porquê gás carbônico, oxigênio, metano, além de chuva. Através de descargas elétricas, e ciclos de aquecimento e condensação de chuva, obteve depois qualquer tempo, diversas moléculas orgânicas. Deste modo, conseguiu provar experimentalmente, que nas condições primitivas da terreno, seria provável aparecerem moléculas orgânicas através de reações químicas na atmosfera. Estas moléculas orgânicas são indispensáveis para o surgimento da vida."
    Na sua pergunta anterior, o Richard C explicou acerca o experimento de Miller. Leia acerca ela para entender as críticas…

    Achei cá um resumo universal interessante falando acerca os "poréns" da teoria:
    http://biologiaevolutiva.blogspot.com/2006/03/segmento-1experimento-de-urey-miller.html

    Trancrevo subalterno:

    "Nestes últimos 50 anos, os pesquisadores da evolução pré-biológica têm encontrado 'em dezenas de laboratórios' [???] segundo Klaus ração, exclusivamente 'impasse e frustração'. Por quê?

    1. A origem da vida foi rápida demais - há uns 3.86 bilhões de anos. MOJZSIS, Stephen J. et al. "Evidence for Life on Earth Before 3,800 Million Years Ago", Nature 384 (1996):55-59. Dados sugerem que a vida se originou não somente uma, mas várias vezes entre 3.86 e 3.5 bilhões de anos. Pelo menos uma delas ocorreu em 10 milhões de anos ou menos - tempo muito sintetizado para o surgimento da vida por quaisquer modelos tipo Urey-Miller.

    2. Nunca houve uma 'sopa prebiótica'. Em todas as formas de sedimentos carboníferos, de todas as eras geológicas, pesquisadores concluíram: nenhuma 'sopa' ou substrato existiu. LAZCANO, Antonio. "Chemical Evolution and the Prebiotic Soup: Did Oparin Get it Right?", Journal of Theoretical Biology 184 (1997):219-23.

    3. O paradoxo oxigênio-raios ultravioletas. A p

Utilize o formulário para responder a esta pergunta